publicidade
15/04/2018 - 10:00

Netflix diz que não estará no Festival de Cannes por medo de serem desrespeitados

Os filmes terão que ser exibidos nos cinemas para participarem da competição

Netflix diz que não estará no Festival de Cannes por medo de serem desrespeitados

Após ser proibida de competir no Festival de Cannes, a Netflix optou por deixar de exibir seus filmes na mostra. A companhia tinha uma série de filmes na mostra para serem exibidos, incluindo um documentário sobre Orson Welles, mas a empresa retirou todos os seus filmes de Cannes. Em entrevista a Variety, o executivo da empresa Ted Sarandos, que tem medo dos seus filmes e cineastas parceiros serem desrespeitados na França.

Nós queremos que nossos filmes em um território justo com todos os cineastas. Existe um risco de irmos até lá e nossos filmes e cineastas serem desrespeitados no festival. Eu não acho que seria bom pra gente ir lá.

O chefe da Netflix aproveitou para dizer o que acha das novas regras de Cannes e da atitude de Thierry Fremaux, o presidente do festival. Fremaux criou várias novas regras para manter a integridade do festival, entre elas proibiu de tirar selfies no tapete vermelho. Sobre isso Sarandos, diz:

Não é uma coincidência que Thierry também baniu selfies [no tapete vermelho] esse ano. Eu não sei quais outros avanços em mídia Thierry vai querer endereçar.

A partir de 2018, o festival adotou uma nova política de inclusão e todos os filmes que quiserem se inscrever na mostra competitiva terão de ser exibidos em circuito comercial nas salas de cinemas francesas; A Netflix continua podendo exibir seus filmes em Cannes (se assim desejar), mas a empresa está proibida de se inscrever na mostra competitiva do Festival, não podendo ser julgada para o Palma de Ouro e outros prêmios do júri.

publicidade
publicidade
publicidade