30/07/2020 - 11:27

Henry Cavill fala porque Liga da Justiça não agradou os fãs nos cinemas

Deborah Snyder também falou sobre a importância de cada personagem no longa

Snyder Cut

Em uma entrevista para a Variety, Henry Cavill, falou sobre a versão Snyder Cut de Liga da Justiça e também analisou o porquê da versão que estreou nos cinemas não agradou aos fãs.

"Eu acho que não um fã que não esteja ansioso para assistir, inclusive eu. Eu acho que a versão lançada em 2007 não mostra uma visão única, porque há uma clara distinção entre os estilos de Snyder e Joss Whedon. Foi por isso que o público não aceitou muito bem a adaptação."

O ator também elogiou o trabalho de Snyder:

"Eu sempre admirei Snyder como profissional e como pessoa, por isso eu acho muito importante que tenham lhe dado a oportunidade de mostrar sua real visão para o filme. Desde o lançamento de 'Liga da Justiça', os fãs pedem por isso, o que só faz aumentar a credibilidade dele. Eu acho que o Snyder Cut é uma conquista, não só para Zack, mas para os fãs, eles conquistaram o direito de assistir."

Na versão Snyder Cut de Liga da Justiça, o diretor irá aprofundar melhor a história em torno dos personagens, sem pressa. Deborah Snyder, que também é produtora revelou as vantagens de lançar o longa no streaming e não para as telas de cinema:

"De certa forma, este é o melhor quadro para todo mundo, porque você só consegue chegar até certo ponto quando se trata de um lançamento nos cinemas. Na época, os serviços de streaming não eram bem uma discussão, especialmente para as propriedades da DC. Então o fato de podermos ver essa versão mais longa faz até você pensar sobre o filme de forma de diferente. Ele quase se torna um estudo dos personagens. Quando se trata de um lançamento nos cinemas de um filme sobre um time de heróis, todos ficam se perguntando: 'Quando eles vão se tornar um time? Em que minuto X isso acontece? Em que momento X eles se unem?'".

Deborah também falou sobre aprofundar a história de cada um dos personagens e também pelo fato de justificar a presença de cada um deles no arco da história do longa.

"Para nós, se trata de construir esse time, vendo quem são cada um desses personagens e cada qual possui seus arcos e suas motivações. Se você não pode investir tempo desenvolvendo os personagens e quem eles são e de onde eles vem, você não – necessariamente – entende o que significa quando eles se juntam. E eu acho que ter isso na HBO Max não nos obriga a ter um certo limite de duração de tempo. Você não está esperando a venda de ingressos do próximo filme e você só pode ter um número específico de exibições, porque o filme é longo demais".

O longa chega a plataforma de streaming da HBO Max em 2021.

Últimas notícias